Páginas

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Resenha: “Amanhã Você Vai Entender”, por Rebecca Stead

Título original: When you reach me
Autora: Rebecca Stead
ISBN: 9788580570540
Páginas: 224
Editora: Intrínseca
Ano da edição: 2011
Avaliação: 4 estrelas
Sinopse:
Miranda está em meio a um grande enigma. Um estranho pode ter invadido sua casa, seu melhor amigo foi agredido na rua e uma série de bilhetes, que ela não compreende nem tampouco sabe quem escreve, alerta sobre a morte de alguém. Alguém próximo. Alguém que ela poderá ajudar a salvar.

Mas para isso, a menina precisa descobrir o que está acontecendo. Bilhete após bilhete, as peças do quebra-cabeça se juntam, até que finalmente o cenário se completa e Miranda percebe que a resposta esteve bem ali, bem na frente dela – mas o tempo é ardiloso: guarda hoje momentos que só amanhã você vai entender.

Mais um daqueles livros que tive interesse em ler sem ler a sinopse. Me interessei por causa do título, que é uma frase que o meu professor de matemática do ensino médio sempre disse quando concluía reflexões sobre a vida, falava sobre planos futuros: “Não entendeu? Não tem problema. Amanhã você entende”. Ao final, é bem isso. Alguns fatos podem ser irrelevantes, mas no futuro, talvez tenham importância e façam compreender certas circunstâncias do presente. Outro fator que me fez ter interesse é a capa: lindíssima e chamativa!

A obra é narrada em primeira pessoa por Miranda Sinclair, uma garota de 12 anos. Confesso que pensei que a protagonista seria mais velha, mas a linguagem que a autora emprega condiz com uma pessoa desta idade. A história se passa em Nova Iorque, no ano de 1979 e digamos que não é narrada na ordem cronológica.

Mais de 70% dos capítulos – não há índice/sumário; tentei contar 2 ou 3 vezes, mas me perdi e achei melhor deixar em porcentagem aproximada – iniciam deste modo: “Coisas…”. Exemplos: “Coisas que marcam”, “Coisas que desejamos”. Afinal, quando não há melhor palavra para expressar, sempre sai um “coisa”, né? rs

A Miranda tem uma rotina: casa-escola-casa, às vezes, idas às casas dos colegas. De certa forma ela é independente, levando em consideração a idade que tem. Tanto é que ela é uma “criança-chave” – “crianças que têm a chave de casa e ficam sozinhas depois da escola até o adulto chegar para fazer o jantar”. Bem, eu fui uma dessas crianças, ainda mais por ser filha única, portanto, me identifiquei com a Miranda.

Gostei da história, de certa forma se enquadra em um suspense. Na verdade, ao final, acredito que para entender o livro, pode-se pensar em um aparato de Harry Potter – o qual não nomearei porque revelaria o enredo. A trama envolver questões filosóficas. Após a leitura, é bom refletir sobre essa história.

A Autora

 

Rebecca Stead, 45 anos, nasceu em 16 de janeiro de 1968 em Nova Iorque. Em 2010 ganhou a Medalha Newbery pela importante contribuição à literatura jovem por conta do livro Amanhã você vai entender.

 

 

 

Essa resenha compõe o tema de janeiro do Desafio Literário 2013:
Tema Livre

Bye! :*

9 comentários:

  1. Mariana,
    Legal sua resenha. Apesar de vc não ter aprofundado muito, deu a noção de que o livro é interessante e vale ser lido.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. A capa é linda!!

    Não sei se é porque senão vc daria spoiler, mas terminei de ler a resenha, e hã? Cadê, cadê, quero mais, rsrrsr
    Beijos

    Ah!! Sou a Flávia Cabral, do skoob. Também participo do DL

    ResponderExcluir
  3. Mari, eu li esse livro!!

    Acho q fui eu q te enviei, hehehhehe.

    Li sem expectativa nenhum. Achei o livro bem mais ou menos, mas sei lá, de repente foi por causa da linguagem usada pela autora.
    Mas achei ele bem rápido de ler.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei sabendo desse livro por causa do DL2012 (se enquadrava em um dos temas que não vou falar, já que você não mencionou para não dar spoiler). Me interessei primeiramente porque eu não tinha nenhuma opção para o tema, depois pela capa e, por fim, fui lendo resenhas e ficando cada vez mais envolvida na história. Acabei não tendo tempo para ler no DL, mas ganhei o livro e lerei quando tiver a chance. Apesar dos meus 12 anos já terem passado há muito tempo, acho que vou gostar.
    bjo

    ResponderExcluir
  5. Como eu gosto de historias adolescentes com misterio, me lembra um pouco o livro 'O desaparecimento de Katharina Linden'

    Nedina lá do Skoob ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi Mariana!
    Pensei que só eu tinha mania de comprar/ler livros compulsivamente só pela capa ou pelo título.
    Fiquei curiosa com o livro! rsrsrs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Acho essa capa tão linda! E o livro ainda ganhou a Medalha Newberry, meu prêmio literário preferido. :)

    Assim como a Michelle, também fiquei sabendo do livro no DL passado e ele me pareceu bem interessante. Mas com o tempo esqueci que ele existia e que eu queria ler, então muito obrigada pela resenha, rs.

    ResponderExcluir
  8. Mari,
    Li esse livro no LV e o título "Amanhã você vai entender" se adequa perfeitamentamente não?
    Eu fui lendo, fui lendo, me envolvi na história e acabei surpreendida no final.
    Apesar de Miranda ter 12 anos, achei-a uma protagonista muito vivaz.
    Gostei muito dessa leitura e confesso que me inscrevi no LV pela capa. (ah, mas uma louca por capas,kkk)
    beijos,
    Lua (Skoob-LV)

    ResponderExcluir
  9. Ai, realmente a capa é linda! Toda vez que vejo este livro, fico com vontade de ler. O título também é muito intrigante!
    Mas acho que preferiria ler um trecho antes, para "sentir" um pouco mais o livro, antes de decidir ler mesmo. Sei lá, deve ser porque a garota tem 12 anos, e não sei muito bem o que esperar do desenvolvimento da história nesse caso.
    beijão!!

    ResponderExcluir

Fique à vontade de deixar um comentário. Só cuidado com a forma de se expressar, nada de ofensas! Sua participação é muito importante no "Ler é Conhecer", ;)!