Páginas

sábado, 9 de junho de 2012

Resenha: “Just Listen – A Garota que Esconde um Segredo”, por Sarah Dessen

Título original: “Just Listen”
Autora: Sarah Dessen
ISBN: 8536809000
Páginas: 308
Editora: Farol
Ano: 2010

Avaliação: 5 estrelas
Sinopse:
Depois de ter sido pega com o namorado da melhor amiga numa festa, Annabel Green começa o ano letivo sozinha e sendo ignorada pelo resto da escola. Mas o que realmente aconteceu naquela noite ainda é segredo, que ela não se arrisca a contar para ninguém. Os problemas de Annabel são explicitados pela recusa da família em admitir os próprios problemas, a fissura da mãe para que as filhas virem modelos famosas e Whitney, a irmã do meio, que sofre de anorexia. Uma amizade com Owen, o DJ da rádio comunitária, que tenta constantemente ampliar os gostos musicais de Annabel, fará a tímida jovem aprender a falar a verdade, doa em quem doer.

Faz tempo que blog está sem post, como eu disse no Facebook, mas esse mês tudo voltará aos eixos, ok? E, para retornar com tudo, a resenha de hoje é do livro “Just Listen”, da autora Sarah Dessen – também aproveitando a #SEMANADESSEN que está rolando no blog Nem um Pouco Épico (NUPE) e no Amount of Words (AoW), nos quais a Sarah está sendo homenageada. À propósito, quarta-feira (6) foi aniversário dela, e se tivesse tido tempo, teria escrito a resenha para o dia. Portanto, aqui vai o meu #HappyBirthdaySarahDessen atrasadão! rs

Na blogosfera, só vejo falarem bem da Dessen e podem ter certeza: tudo o que falam de bom bate com a maravilha que foi o livro dela, tornou-se um favorito! Ela já publicou 10 livros nos Estados Unidos, mas aqui no Brasil só foram traduzidos 3 (“Just Listen”, “A Caminho do Verão” e “O que Aconteceu com o Adeus”) e outro está a caminho. Então, logo logo todos estarão a nossa disposição em português! BY THE WAY, QUINTA-FEIRA EU TWEETEI QUE ESTAVA ESCREVENDO A RESENHA E POR CONTA DISSO, EU GANHEI O LIVRO “A CAMINHO DO VERÃO”!!! É, pessoal! Corram que ainda hoje tem mais um sorteio no NUPE, sendo assim, tweettem com a hashtag #SEMANADESSEN para terem a oportunidade de concorrer a um livro dela! *-*

Enfim, voltando para a resenha… Os personagens de “Just Listen” foram muito bem construídos, cada um me conquistou de uma forma diferente: pela rebeldia, pela fraqueza, ou, depois, pela coragem. A Annabel sempre guarda as coisas para ela, não gosta de discutir os problemas da vida e quer que as aparências prevaleçam. Ela quer ser neutra o tempo todo e o jeito dela de levar a vida à prejudica muito. No clímax, deu vontade de entrar no livro, chacoalhar a Annabel e dizer: “FALA ANNABEL, POR FAVOR! CONTA!!!”. Não que ela seja calada, mas ela é fechada. E, nem com a família dá para se abrir, porque muitos problemas que a abalam vem de lá. As irmãs Green são modelos, mas cada uma tem um temperamento. A irmã mais velha, Kristen, é a explosiva. A do meio, Whitney, a calada – e sofre de anorexia. A mais nova, Annabel, a pacífica.

"Por que vocês não conseguem ser gentis?", ela (a mãe) pedia. E minhas irmãs somente reviravam os olhos, mas eu levei a sério essa mensagem: que ser gentil era o ideal, a única atitude que fazia com que as pessoas não falassem tão alto e nem fossem tão silenciosas a ponto de assustarem as outras. Bastava ser bom e gentil para não precisar se preocupar com discussões. Mas, ser gentil não é tão fácil quanto parece, principalmente quando o resto do mundo pode ser muito mau." Página 16

A Sophie, melhor amiga da Annabel, é muito fútil. Ela segue totalmente o contrário daquela linha de pensamento em que a amizade é mais importante do que os namoros. Ela nem se quer prestou o favor de ouvir o que a Annabel tinha a dizer, e com a volta às aulas, xingava-a na cara dura, assim como fazia com as outras garotas que cometiam o mesmo erro que a Annabel. Mas, porque a Annabel não se defendia das acusações?

Com todos esse problemas, surge uma pessoa muito importante na vida da Annabel: o Owen! Bem, ele não é um daqueles personagens masculinos que arrancam suspiros pela aparência, dependendo do seu gosto. Mas, a essência dele encanta bastante. Ele adora ouvir qualquer tipo de música – músicas muitas vezes estranhas, aos nossos ouvidos comuns. Segundo ele, para escutar bem uma música, você não pode julgar, apenar ouvir – “Don't think or judge. Just listen”. O jeito de ser dele é diferente, o que o torna misterioso. O Owen também tem uma irmã mais nova e ela é muito engraçada, haha

A Sarah aborda problemas que geram muito discussão. Mas, o modo como ela expõe essas dificuldades é bem sutil. Ela também visa os impactos que aquilo causam nas personagens. Então, você entende como a personagem é de acordo com impacto que aquilo causou nela.

Já vi alguns blog reclamarem dessa capa e de fato, se mostrasse mais a garota, o livro chamaria mais a atenção. Mas, quem sabe isso não foi proposital? A Annabel também se esconde, ou melhor, esconde um segredo.

Recomendo o livro para qualquer pessoa – sim, sem exceções. E lembrem-se de participar da promoção tweettando com a tag #SEMANADESSEN para concorrer ao livro “O Que Aconteceu com Adeus”!

Até logo!

2 comentários:

  1. Hello Mary!!!
    Senti falta dos seus post por aqui :D

    Eu quero ler esse livro, parece ser bem intenso e interessante.
    Adorei sua resenha e vê se não some ^^

    Bjks...

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito ler um livro dessa autora para conhecer um pouco do trabalho dela. Todo mundo fala super bem. Acho que nunca vi uma crítica negativa, deve ter mas ainda não vi. Dizem que é bom conhecê-la através desse livro. acho que vou começar por dar uma olhada e depois vejo se compro. para quem quer fazer o mesmo, recomendo o free ebooks, tem este livro de graça:

    http://portugues.free-ebooks.net/ebook/Just-Listen-A-Garota-Que-Esconde-Um-Segredo

    Abraço!

    ResponderExcluir

Fique à vontade de deixar um comentário. Só cuidado com a forma de se expressar, nada de ofensas! Sua participação é muito importante no "Ler é Conhecer", ;)!