Páginas

terça-feira, 27 de março de 2012

Sorteio: Marcadores de “Ela Foi Até o Fim”

Olá! Como estão?

UH-HUH! Mais um sorteio! Agora, independente, *-*! São 3 lindos marcadores do livro “Ela Foi Até o Fim”, de autoria de Meg Cabot!

SDC10386

Para concorrer, basta seguir duas regrinhas:

  1. Ser seguidor do blog “Ler é Conhecer” pelo GCF (Google Connect Friend). Basta clicar ao lado em “Participar deste site”, tendo uma conta no Google ou Twitter ou Yahoo!
  2. Comentar na resenha do livro: http://lereconhecer.blogspot.com.br/2012/03/resenha-ela-foi-ate-o-fim-de-meg-cabot.html (um comentário legal, com conteúdo, ok?). Adicionado em 1/4: Deixe o seu e-mail no comentário, para depois eu poder entrar em contato, caso seja o ganhador, ;)

É simples participar, não é?

ATENÇÃO: Para validar a sua participação, você tem que comentar na resenha. Pelos comentários de lá que o sorteio será realizado. O sorteio vai até 27/04/2012.

Mariana C. Mendes

Obs: Abril está chegando, e mais promoções virão. FIQUEM LIGADOS, ;)!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Resenha: “Ela foi até o fim”, de Meg Cabot

Mais um livreto do Livro Viajante, do Círculo “O Melhor do Chick-Lit”!

Título original: “She went all the way”
Autora: Meg Cabot
ISBN: 9788501082671
Páginas: 399
Editora: Galera Record
Ano: 2010

Avaliação: 4 estrelas

Sinopse:
Uma roteirista de sucesso que já contribuiu para vários filmes de ação que renderam milhões de bilheteria - ela até ganhou um Oscar! O problema é que seu namorado, o grande astro do filme, resolveu trocá-la pela estrela principal! E agora Lou terá que provar que conseguirá passar por tudo para esquecê-lo e, no caminho, talvez até encontre o verdadeiro amor.

Vocês não fazem ideia da saudade que estava de ler Chick-lit! *-* Esse foi o primeiro do ano e também é o primeiro livro da Meg que resenho. Antes de “Ela foi até o fim”, já tinha lido outros dois da autora. O volume faz parte da escrita voltada mais para adultos – pois é, tenho 17 anos e sou adulta o suficiente para lê-lo (brincadeira, hahaha). Mas, essa faixa etária indicada para livros normalmente não tem importância depois dos 14.

Primeiramente, vou vamos ver um “heredograma” dos relacionamentos amoroso (ou não) dos personagens, pois quando eu comecei a leitura era difícil explicar para as outras pessoas. Mas, com essa imagem, creio que as coisas ficaram mais claras.

Heredograma

Entenderam? rs

Eu amei a personagem principal, a Lou. Me identifiquei muito com ela. É o tipo de mulher que está em escassez no mundo: uma mulher recatada e com valores. Não que ela seja puritana, mas na medida do possível, se controla – se é que entendem.

Obviamente, meus olhinhos também brilharam para o Jack. Minha gente! Que homem, HSUAHUSHUAUHS! Talvez tenha sido pela carência de Chick-Lit, mas ele me conquistou! Apensar de ser um – me desculpem o termo – galinha, pois já ficou com muitas divas de Hollywood, deu uma peninha por ele ter sido abandonado e senti uma forte emoção por muitos momentos ao longo do livro.

A relação entre Jack e Lou é bem explosiva. A Lou o odeia porque em um dos roteiros escritos por ela e interpretados por ele, Jack alterou uma das falas. De “É sempre divertido, até que alguém se machuca” para “Preciso de uma arma maior”, a qual ficou muito conhecida, um slogan do personagem. Isso deixou Lou furiosa.

Então, a partir do momento em que foram abandonados, eles compreendem um ao outro. Mas, ambos não querem dar o braço a torcer e nem se aproximar num momento de fragilidade emocional. Só que, tudo isso pode mudar quando Lou e Jack sofrem um acidente aéreo e ficam perdidos no Alaska.

No meio de todas essas situações, a única coisa que não gostei foi o mistério que a autora colocou. Quer dizer, o mistério foi muito legal, mas eu esperava mais. Pensei que o (a) culpado (a) fosse ser alguém mais significante e além disso, com um motivo mais plausível.

Recomendo o livro para todos os amantes de Chick-Lit e da Meg Cabot. Acima de tudo, para aqueles que querem ler algo mais relaxado e engraçado.

Mariana C. Mendes

domingo, 25 de março de 2012

Essa semana… #1

Olá, queridos leitores!

Ontem estava visitando alguns blogs e vi esse Meme. Já o tinha visto muitas vezes, mas repentinamente deu uma vontade de postá-lo aqui, no Ler é Conhecer. Principalmente porque têm algumas emoções sentidas ao ler um livro e que normalmente não vem para cá. Então, gostaria de compartilhá-las com vocês!

Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui!

♥ Leitura do momento:
”Desculpa se te Chamo de Amor” – Federico Moccia. ♥

♥ Li essa semana:
”Manhã, Tarde & Noite” – Sidney Sheldon
”E não sobrou nenhum” – Agatha Christie

♥ Resenhei essa semana:
“Diários do Vampiro #5 – O Retorno #1: Anoitecer” – L. J. Smith

♥ Super Post (s):
Divulgando: “Hugo e Elisa e a Fuga de Madame Hornick” – Anna Chiara

♥ Última (s) Compra (s):
”Tamanho 44 Também não é Gorda” – Meg Cabot
”Feios” – Scott Westerfeld

♥ Desejo Comprar Urgentemente:
”Desculpa, quero me casar contigo” – Federico Moccia e “Jogos Vorazes” – Suzanne Collins.

♥ Conversa imaginária com personagem fictício:
”Pietro, apesar de você ser muito engraçado, esse sua galinhagem tem que parar!”

♥ Eu falaria para o autor:
“Federico Moccia, eu nem terminei de ler ‘DstCdA’ (‘Desculpa se te Chamo de Amor’) e já sou sua fã. É o primeiro livro seu estou lendo, mas já estou viciada no seu jeito de escrever e sobre tudo, apaixonada pela história do Alex e da Niki!” ♥

♥ Estado de Espirito Literário:
Não parando de falar sobre "DstCdA” e também do filme “Lição de Amor” (é a adaptação cinematográfica de “DstCdA”). Além disso, deixando as tarefas do colégio de lado e dedicando meu tempo às leituras e ao blog.

♥ Literary Crush (paixão literária do momento):
Alessandro (Alex) ♥!

♥ Queria ver no Brasil:
“Tweet Heart” – Elizabeth Rudnick

♥ I’m in mood for... (gênero literário do momento):
Chick-Lit  ♥

♥ Hey, Mr. Postman (última coisinha que chegou do correio)!:
”Tamanho 44 Também não é Gorda” – Meg Cabot
”Feios” – Scott Westerfeld

♥ Super Quote:

"Nada a fazer, quando algo nos faz falta precisamos preencher esse vazio. Só que, quando o que nos faz falta é o amor, não há nada que verdadeiramente seja suficiente."

“Desculpa se te chamo de amor”, pág. 15 – Federico Moccia

♥ Vi e viciei (book trailers, trailers, vídeos, whatever):
Trailer de “Lição de Amor” (adaptação de “DstCdA”)

Espero que tenham gostado!

Mariana C. Mendes

Obs.: Não postarei o meme toda a semana – se tornaria algo repetitivo. Mas, quando der vontade, provavelmente, estará aqui, ;)!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Divulgando: “Hugo e Elisa e a Fuga de Madame Hornick”, de Anna Chiara

Sinopse: Mistério e suspense em Londres. A única alternativa é solucionar o caso. Hugo Forsyth e Elisa Adams são dois jovens detetives que trabalham para a Empresa de Investigações Super Kings. Quando tomam conhecimento da fuga de Madame Hornick, a dupla decide investigar o fato de forma incansável, buscando por informações que gradativamente os levem a alguma pista. Com persistência e vontade de fazer justiça, Hugo e Elisa passam por momentos de tirar o fôlego e por fortes emoções até chegar à reta final desse mistério.

A autora: Anna Chiara nasceu em Ribeirão Preto, SP, em 1994. Começou a escrever pequenas histórias aos cinco anos. A ideia de Hugo e Elisa surgiu aos nove, e aos onze iniciou o esboço do livro, desenvolvendo o contexto da fuga de Madame Hornick. Aos quinze, após consolidar todos os personagens da história, finalizou a obra. “Escrevi este romance policial com o objetivo de apresentar personagens que passam por muitas situações semelhantes ao nosso cotidiano; que possuem momentos de coragem e fraqueza, de seriedade e descontração.”

Blog da autora: http://a-chiara.blogspot.com/

Twitter da autora: https://twitter.com/#!/annachiarabr

ONDE COMPRAR?
O livro está disponível no site das livrarias Saraiva, Siciliano, Martins Fontes e no site da própria editora (Novo Século).

O livro também está cadastrado no site da Editora Novo Século.

Observação pessoal: Gente, livro de romance policial em LONDRES? Deve ser muito bom e quero lê-lo em breve! Além disso, reconheçam os autores brasileiros, ainda mais a autora que começou a escrever o livro com 11 anos e já consegui publicá-lo, =)

Mariana C. Mendes

segunda-feira, 19 de março de 2012

Resenha: “Diários do Vampiro #5 – O Retorno #1: Anoitecer”, de L. J. Smith

A leitura deste volume compõe o segundo livro do Desafio Realmente Desafiante, pois o livro tem dois personagens, Meredith e Matt, cujos nomes começam com M, a mesma inicial do meu nome: Mariana. A obra também compreende o grupo do SkoobLivro Viajante”, o qual proporciona a oportunidade de ler livros muito bons!

Autora: L. J. Smith
ISBN:
9788501090676
Páginas: 444
Editora: Galera Record
Ano: 2010

Avaliação: 3 estrelas

Sinopse:Elena Gilbert vive. Quando se sacrificou para salvar Stefan e Damon Salvatore — ambos vampiros e apaixonados por ela —, a princesa de Fell’s Church foi confinada a um destino que estava além da morte. Até que uma força sobrenatural trouxe Elena para o mundo dos vivos... mais uma vez. Mas agora Elena não é apenas humana. Ela absorveu novos poderes e dons enquanto estava do Outro Lado. Além disso, seu sangue possui uma força única e arrebatadora que deixa Elena irresistível para qualquer vampiro; a vida que agora pulsa em suas veias é como um farol para as mais perigosas e bizarras criaturas sobrenaturais. Escondida na casa de Stefan, Elena precisa reaprender... tudo. Como um bebê que precisa de cuidados, Elena precisa do seu amado como nunca. E ele está ao seu lado, cuidando para que ela fique em segurança e na esperança de que em breve eles possam, finalmente, ter uma vida juntos.

Bom, antes de mais nada, vamos a algumas considerações: Eu terminei de ler “Anoitecer” em fevereiro, mas não tive tempo de escrever a resenha, =/. Além disso, enviei o livro super atrasada, mas creio que a dona entendeu os meus motivos. Desculpe novamente.

Lendo os comentários das resenhas desse livro no Skoob, percebi o por quê de a série ter decaído tanto: Originalmente, seriam 3 livros, mas a autora teve que escrever os outros, meio que obrigada pela editora. Pelo amor, que erro! Sério! Se a série tivesse parado em “A Fúria”, seria ótimo, pois foi o livro que mais gostei. Depois, caiu muito. Agora, me pergunto o porquê dei 3 estrelas à “Anoitecer”.

Talvez, seja pela imaginação da L. J. Ela colocou novas criaturas no livro, mas é difícil compreender como os malach funcionam. Eles quase transgredem a lei física de “dois corpos não podem estar no mesmo lugar ao mesmo tempo”. Além disso, posso considerá-los um “vírus”, pois só fazem algum mal à pessoa na qual estão instalados quando querem – na verdade, quando quem os controla quer.

Nesse livro os personagens estão muito diferentes. Primeiro, a Elena: agora ela é uma criança-espírito. O QUE ISSO SINGIFICA? Algo muito nada a ver, tenham certeza. O que me deixa mais revoltada é o fato de a autora não explicar o porquê o Stefan ter simplesmente dito “Elena” em “Reunião Sombria” e a garota voltar à vida. POR QUÊ?

O trio Matt, Meredith e Bonnie foram bem interessantes, mais unidos que nunca.  Até a Sra. Flowers os ajuda, o que é bem estranho, pois eu nunca tinha confiado nela. Sabe aquele personagem que nunca aparece e que quando é mencionado, causa uma causa uma suspeita? Então, é a Sra. Flowers.

O Damon se tornou insano. Tudo bem que algumas partes ele não tem o poder total sobre as própria ações, mas é difícil imaginar o nosso lindo Damon propondo certas coisas à Elena e ao Matt.

Os vilões: Caroline e o os gêmeos com nome estranho – que se não me engano é em japonês, não me recordo – são os sádicos. Totalmente sádicos, nada neles é bom. A Caroline faz coisas muito baixas e influência outras garotas a fazerem as mesmas coisas. Sendo assim, o livro ficou um tanto pesado. As mentes malignas dos gêmeos chegam à assustar. O prazer deles é ver as pessoal mal, física e psicologicamente.

Até que eu gostei das partes românticas entre a Elena e o Stefan, foi bem fofo. Mas, o jogo psicológico à qual o Stefan é submetido no final do livro é bem esquisito. Uma coisa em outro plano “espiritual” muito sem sentido.

Como dito anteriormente, a imaginação da autora foi longe, então, recomendo que se for ler este livro, não crie nenhuma expectativa, assim não terá nenhuma surpresa. Quem é fã mesmo da série deve ler e quem não é, recomendo que pare em “A Fúria”. Mas, se for uma pessoa teimosa, pare em “Reunião Sombria”, só para terminar a “primeira” série.

Não sei se lerei “Almas Sombrias”, pois o final de “Anoitecer” foi interessante, mas com esse lance de “outro plano”, não me deixou com vontade de continuar a série. Não acho que acrescentará nada de bom o próximo volume. Se decidir ler, não sei se farei a resenha.

Mariana C. Mendes

Obs.: Eu vi a palavra japonesa “baka” e sabia o que significava graças à Larissa C. “Baka” significa idiota. Tantas palavras mais úteis para saber o significado e eu sabia logo dessa. Mas tudo bem, HSUHAUSHAHS!

domingo, 18 de março de 2012

RESULTADO: Promoção “1 Feliz 2, 1.000 e 12” em parceria com Maurício Gomyde

Olá leitores do Ler é Conhecer!

Há mais ou menos uma hora saiu o resultado para promoção “1 Feliz 2, 1.000 e 12” no blog do Maurício Gomyde.

A ganhadora foi a Suzana Barbosa, que participou pelo blog Oh, my dog estol com bigods (o nome do blog é engraçado, né gente? rs)! Parabéns à ganhadora, =)! Agora, terá livros para ler até enjoar – será que é possível? rs

E para você que participou pelo Ler é Conhecer, não desanime! Teremos mais promoções em breve. Fiquem de olho, ;)!

Mariana C. Mendes

sexta-feira, 16 de março de 2012

Na minha caixa de correio #3: Fevereiro/2012

Olá, queridos leitores!

Bem, o blog está sem posts há duas semanas, porque minha vida acadêmica está bem agitada. Esse post deveria ter sido feito no começo do mês, mas não tive tempo de gravar o vídeo.

Só que, nesses dias, consegui ler dois livros: “Meu nome é Will: Sexo Drogas e Shakespeare” e “Ela foi até o fim”, o qual rolará alguma surpresinha aqui. Tentei ler “Vidas Secas”, pois terei prova de literatura sobre ele e acabei abandonado por alguns dias, mas voltarei em breve. E, agora estou lendo “Manhã, Tarde & Noite” e está beem interessante.

Então, o vídeo foi gravado dia 11, quando estava lendo “Ela foi até o fim”, por isso ficará meio estranho, porque já está “antigo”. Além disso, a qualidade de vídeo não ficou muito boa, isso aconteceu na hora de salvar o projeto como arquivo de vídeo. Não sei o que fiz de errado. Nos próximos, vou tentar melhorar.

É isso. Bem, me desculpem por tanto “é isso” no vídeo, rs! Não se esqueçam que está rolando a Promoção Feliz 2, 1000 e 12 até amanhã 00h00 e o sorteio será realizado pelo próprio autor dia 18.

Livros:

Presente da minha amigona, Tauany:
“Um Dia” – David Nicholls (com a liiinda capa do filme! AMEI! <3)

Livro Viajante 321:
”Meu nome é Will: Sexo, Drogas e Shakespeare” – Jess Winfield

Círculo Viajante 14 “O Melhor do Chick-Lit” (ciclo 2):
“Ela foi até o fim” – Meg Cabot

Círculo Viajante 14 “O Melhor do Chick-Lit” (ciclo 3):
“Desculpa se te chamo de amor” – Federico Moccia

Livro Viajante 399:
”Manhã, Tarde & Noite” – Sidney Sheldon

Outros:
Marcadores diversos.

Mariana C. Mendes